Conecte-se conosco

Tecnologia

Uber Eats testará entrega de comida por drones ainda em 2019

A empresa testará a entrega de comidas usando drones em San Diego durante o 3º trimestre…

Publicado

em

Foto: TecMundo

A Uber Eats testará a entrega de comidas utilizando drones ainda neste ano, durante o verão no Hemisfério Norte (entre junho e setembro). A empresa anunciou a novidade hoje (12) durante o evento Uber Elevate Summit, que está acontecendo na cidade de Washington. O local escolhido para o experimento foi San Diego, na Califórnia.

A Uber tinha anunciado a pretensão de usar drones para entregar refeições no ano passado, mas agora o plano está prestes a virar realidade. O primeiro parceiro será o McDonald’s, mas a ideia é expandir a quantidade de opções ao longo do ano.

(Reprodução/Pexels)

Para quem estava pensando que a batata frita e o hambúrguer pousariam no quintal, não será bem assim que o serviço funcionará. Os drones voarão até algumas áreas de retirada, onde os entregadores estarão esperando para receber e levar o lanche até a casa dos clientes. Isso significa que os 4 milhões de autônomos brasileiros que trabalham para empresas como Uber Eats, iFood e Rappi não precisam se preocupar em perder a fonte de renda, até porque não há previsão de o serviço ser expandido para outros países.

Outra forma pela qual a entrega pode ser feita é com os drones pousando em cima de carros de delivery estacionados, seguindo um QR code. Com isso, a Uber diz que seria possível diminuir a demora para as entregas.

Por que começar em San Diego?

O teste das entregas de comida via drones poderá acontecer porque a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos selecionou San Diego para participar de um programa de drones comerciais, ainda em fase experimental. Após isso, a cidade fechou a parceria com a Uber.

A empresa não é, todavia, a única que está tentando viabilizar o delivery usando drones. A Amazon disse que começará a fazer esse tipo de entrega dentro de alguns meses, enquanto a Google recebeu autorização da FAA para testá-la na Virgínia.

FONTE: Site Terra/Tecnologia/TecMundo

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.